segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Cachos de anjo

Crianças com fios encaracolados demandam atenção. qual o corte ideal? E a hidratação? Veja nossas dicas para as ondas infantis 

- Os cortes variam de acordo com o cacho. Em madeixas volumosas recomenda-se desfiar só por baixo, cuidadosamente, deixando a base reta. “Naquelas com menos volume, base reta, com leve repicado nas pontas. O importante é fazer uma interpretação pessoal do cabelo”, diz Andreia Mello, do Studio Magic (SP).

- Recomende à cliente mirim o uso de uma linha profissional de manutenção (xampu e condicionador) em casa. “Ensine-a a secar os fios com uma toalha macia, aplicando leave-in e amassando de baixo para cima”, diz Andreia.

- Segundo a profissional, são indicadas hidratações semanais a partir dos 2 anos com máscara específica. “Depois dos 10, pode ser feita cauterização, mas para isso é bom avaliar a fibra capilar antes, pois é indicada para cacheados mais grossos e porosos”, observa.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Cabelo de casamento em “Aquele Beijo”


A Grazi Massafera fica linda de qualquer jeito, né? Imaginem, então, vestida de noiva! A cena aconteceu no episódio de sábado da novela Aquele Beijo, da Globo, na qual ela interpreta Lucena. E o penteado não deixou nada a desejar. Vejam como ele era de lado, com o acessório:



É um penteado super romântico e simples. Para copiar, o mais importante é dar textura ao cabelo, na frente e atrás. Vale super usar um pó texturizador para deixar a raiz mais podrinha. E, para dar uma graça extra, reparem na trancinha fina, bem no meio da lateral, terminando no coque. Perfeito para noivas modernas!

Fonte: MdeMulher

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Cabelos encaracolados estarão com tudo no verão

Cabelos extremamente lisos sempre têm um lugar bem definido na preferência de muitas mulheres, mas aquelas que nasceram com os cabelos cacheados ou ondulados, agora poderão assumir seus cabelos naturais! Neste verão o secador e a chapinha ficarão um pouco de lado, pois a tendência será exibir cachos e ondas.

Confira as dicas para sair por aí com seus cachos lindos no verão:

- Adote um corte que favoreça seus cachos e seu rosto. Fuja do reto para não correr risco de ficar com um cabelo armadão demais e seu rosto ficar escondido no meio da cabeleira. O ideal é apostar em um corte com camadas que harmoniza o volume.

- Cabelos cacheados, se não forem bem tratados, podem ficar ressecados com facilidade exatamente devido à constituição dos fios que dificulta que a hidratação se espalhe por todo comprimento. Para que isso não aconteça, invista em produtos específicos para esse tipo de fio. Óleo de argan que está super em alta também pode dar aquela ajudinha na conquista de cabelos perfeitos.

- Deixe seus cabelos secarem naturalmente sempre que possível. Use o bom e velho truque de amassá-los enquanto secam para ajudar a definir cachos e ondas.

- Não é proibido usar secador, mas não seque os fios completamente e use o difusor. Isso faz com que os fios fiquem mais bonitos quando estiverem completamente secos.

- Se quiser usar creme para pentear não erre a mão! Geralmente uma quantidade equivalente a uma moeda de 1 Real é mais do que suficiente até para os cabelos mais compridos. Lembre-se: Nada mais feio do que cabelos pesados e carregados de produtos. De longe dá pra ver (e sentir o cheiro) que você exagerou no creme.

Fonte: Vírgula

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Cabelos brancos sem mistérios


Cabelo branco: todo mundo sabe o que é e todo mundo tem ou vai ter um dia. Mesmo assim, o ‘envelhecimento’ dos fios gera muitas dúvidas. O que determina seu surgimento? Por que em algumas pessoas eles demoram mais para aparecer? Quem responde a estas e outras questões sobre o assunto, esclarecendo o que é mito e o que é verdade de fato, é o médico dermatologista Ademir Junior, membro da Associação Internacional de Tricologistas.
 
Não há idade certa para o surgimento dos fios brancos. Verdade

“Os fios brancos podem aparecer em qualquer idade, mesmo ao nascimento. Mas normalmente costumam dar seus primeiros sinais após os 30 anos para a maioria das pessoas”, diz o tricologista, que ressalta que, apesar do senso comum, “da mesma forma que há adolescentes que começam a ter cabelos brancos, existem idosos que não ficam com os cabelos grisalhos”.

A quantidade de células determina o embranquecimento do cabelo. Verdade

Segundo o especialista, cada folículo piloso (raíz do cabelo), apresenta um conjunto de células que produzem a melanina (pigmento do cabelos), e que estão ativas. Neste mesmo folículo há um estoque de células que renovam as células ativas na medida que estas vão envelhecendo. Uma vez que se esgota este conjunto de células (as ativas e as do estoque), os cabelos ficam brancos. “É o estoque de células que temos em cada raiz do cabelo que faz com que eles mantenham o pigmento por maior tempo em nossas vidas. Se este estoque é grande, nossos cabelos tenderão a ficar brancos mais tardiamente”, completa o doutor Ademir.

Fatores externos não estão relacionados ao aparecimento dos brancos. Mito

Fora a questão genética, fatores externos podem, sim, influenciar o surgimento dos brancos. Isso porque eventos traumáticos ou estresse podem diminuir a produção do pigmento capilar. “O estresse parece ter um envolvimento direto com o aparecimento precoce dos fios brancos. Sem contar que também existem casos de doenças e medicamentos que podem acelerar o aparecimento de cabelos brancos”, explica o médico.

Há remédios que acabam com os brancos. Mito

Não acredite em remédios milagrosos, pois de acordo com o tricologista não existe qualquer medicamento que tenha efeito comprovado na recuperação da coloração dos cabelos. “As colorações ainda são os métodos mais eficazes de cobrir os fios brancos e disfarçá-los”, diz.

A estrutura do fio branco é igual a do fio colorido. Verdade

Os cabelos brancos apresentam exatamente a mesma estrutura anatômica dos fios coloridos. “Os fios brancos devem ser tratados da mesma forma que fios pigmentados, uma vez que anatomicamente são idênticos aos fios com cor”, comenta o especialista.

A cada fio branco arrancado, sete novos surgem. Mito

Ademir Júnior garante: “É mentira que a cada fio branco arrancado nascem outros 7 fios brancos. Uma vez arrancado um fio branco pode voltar a nascer branco novamente mas nunca interferirá na pigmentação dos fios ao redor dele”.

Fonte: Terra

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Lições para pintar o cabelo sem prejudicar a saúde e os fios

Não basta colorir os cabelos, é preciso também cuidar dos fios para que eles se mantenham saudáveis e saber escolher a coloração certa para que a química não prejudique a saúde. Pensando nisso, reunimos 5 dicas que você precisa conhecer para tingir os fios sem que sejam cometidos danos.

Conheça a linha Deep Color, da Gaboni Professional

1. Aumente o intervalo entre os retoques

Como - Escolha xampu, condicionador e máscara indicados para cabelos tingidos.
Por quê - Esses xampus são isentos ou apresentam baixa concentração de laurilsulfato de sódio, detergente que remove a sujeira e o excesso de oleosidade e os pigmentos da coloração (o desbotamento é rápido). Cremes para cabelos tintos contêm agentes que melhoram a textura e fortalecem o fio contra as agressões externas. "Com produtos específicos, o tempo de retoque vai de 20 para 35 dias", calcula o cabeleireiro Robson Trindade, do Red Door Salon and Spa, em São Paulo.

2. Fique de olho na hena

Como - Leia o rótulo para se certificar de que ela é isenta de chumbo. Como o chumbo pode ficar "escondido" em alguns pigmentos, o conselho de Lucila Romano, gerente de produtos da Surya, é que, além de ler o rótulo, a consumidora ligue para o SAC da empresa para se certificar de que ele é ou não isento do metal.
Por quê - "Em gestantes, a presença do chumbo pode afetar o sistema nervoso do bebê", alerta a farmacêutica Sherlise Macelino, da Weleda, em São Paulo. Quem não está grávida pode usar tranquilamente. Melhor ainda se seu cabelo for oleoso, misto ou com caspa, já que o produto tem ação adstringente, anti-inflamatória, antifúngica e antibacteriana. Preocupada com o ressecamento? A dica é adicionar ao pó diluído em água 1 colher (de sopa) de óleo vegetal como o de calêndula, de amêndoa ou de jojoba, se o seu cabelo for crespo, ou iogurte natural integral, se for frágil. Em tempo: como a hena sai gradualmente após seis ou oito lavagens, a recomendação é reaplicá-la uma vez por mês, para reavivar a cor, ou a cada 15 dias, para cobrir os brancos.

3. Dê um tempo na amônia

Como - Os tonalizantes são uma boa alternativa, especialmente se você tem poucos fios brancos e não quer mudar radicalmente, apenas intensificar o brilho ou reavivar a cor. "Apesar de mais suave, o tonalizante não pode ser usado por grávidas nos três primeiros meses, o principal período de formação do feto. Embora especialistas digam que não há nada de mal em usar o produto, se der algo errado com a gestação, a mãe pode ficar encanada, achando que a culpa é do produto. Melhor evitar. Depois dos três meses, converse com seu médico", avisa a dermatologista Juliana Neiva, do Rio de Janeiro.
Por quê - A amônia age no interior da fibra capilar, oxidando os pigmentos naturais e alterando-os para sempre - para removê-la, só cortando. Nesse processo, os fios, principalmente os crespos, ficam ressecados. "No couro cabeludo sensível, o ativo causa irritação e pode levar à descamação, que muitas vezes é confundida com caspa. Outro inconveniente é o cheiro forte, que faz os olhos arderem", fala a dermatologista Érica Monteiro, de São Paulo. Vale lembrar que somente a amônia é capaz de cobrir 100% dos brancos, manter a cor por mais de dois meses e clarear até quatro tons, transformando uma morena em loira. Para amenizar o impacto, a solução é intercalar o uso da tintura permanente, que tem amônia, com o tonalizante.

4. Evite alergias

Como - Aplicar na testa, nas orelhas e na nuca produtos que formam uma barreira protetora na pele, como pomada para cabelo ou filme protetor. "Com isso, você ainda evita que a coloração provoque manchas que demoram até dois dias para desaparecer", diz o cabeleireiro Tony Sant'Anna, do salão Club Capelli, no Rio de Janeiro.
Por quê - "O contato com a química pode causar coceira, descamação e vermelhidão, sintomas que aparecem horas ou até dias depois", avisa a dermatologista Renata Magalhães, da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Campinas (Unicamp). Há o risco de acontecer o mesmo com os corantes, mesmo eles sendo fortemente regulamentados. É o caso do parafenilenodiamina (PPD).

5. Prove tinturas com ativos naturais

Como - Um bom exemplo são as proteínas do arroz e os biopolímeros marinhos, que amenizam a agressão da coloração ao cabelo.
Por quê - Esses nutrientes fecham a cutícula dos fios e formam um filme protetor ao redor deles, tornando-os mais resistentes e dificultando a saída de água e pigmentos. Com isso, você tem hidratação, brilho e cor por mais tempo.

Fonte: MdeMulher

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Conheça 10 penteados que não saem de moda nunca

Alguns modelos de corte de cabelo são atemporais e fazem sucesso sempre. Eles combinam com diversos tipos de cabelo e formas de rosto e são práticos até mesmo para arrumar.
A revista norte-americana In Style fez uma seleção de cortes que são tendência sempre e que merecem um teste.
Fotos: Getty Imagens

Curtinho: atualmente na versão de Halle Berry, ele vem um pouco bagunçado e repicado, assimétrico na parte de cima, diferente do corte de Twiggy na década de 60, que era mais requintado. Fica bem em rostos delicados e pequenos.

Ondas: não as leve tão a sério. Ao invés de usá-las em curvas, como fazia Mary Tyler Moore na década de 70, prefira ondas desde o topo, como fez Carrie Underwood, que cortou o cabelo em camadas para estruturar os cachos.
Chanel: se no passado o ideal era o corte arrumadinho e reto, mais para o estilo de Molly Ringwald nos anos 80, atualmente o Chanel vem repicado, extremo, com ar rock'n roll e camadas, como o de Dianna Agron. Não encane nem com a escova. Ela não precisa ser perfeita para ficar bom nesse penteado.

Rabo de cavalo: famoso desde a antiguidade - prova disso é a Pedrita -, os cabelos presos para trás e fixos com um elástico podem ser muito fashion, como mostrou Nicole Kidman. Para disfarçar o elástico, pode-se cobri-lo com uma mecha dos próprios fios.

Camadas: segundo Harry Josh, cabeleireiro de Rose Byrne, quanto mais soltas com os dedos as camadas, mais bonitas elas ficam e o segredo é finalizar o volume com um spray. Esse era o penteado que marcou Farrah Fawcett no fim da década de 70 e para ter um movimento mais suave, as ondas devem começar abaixo da linha da orelha.

Volume: repicado e com volume, o corte em camadas, como o de Emily Browning ganha um toque rock'n roll e fica ainda mais bacana quando deslocado para um dos lados. O penteado se tornou famoso em 1995 na personagem de Jennifer Aniston em Friends e fica mais bonito ao natural, sem acessórios, pomadas etc.

Afro: famosas como Solange Knowles mostram que os cabelos afro são fortes e sensuais e mesmo com o amplo volume, podem ser bastante delicados e femininos. No passado, em 1986, este era o penteado adotado por Whitney Houston, e os fios naturais, sem acessórios, dão um toque orgânico ao look.

Cachos: em 1987, Glenn Close fez sucesso com os cachinhos exibidos em Atração Fatal, mas atualmente, a moda é usá-los com volume e espirais desmanchadas com os dedos, como o cabelo de Jennifer Lopez.

Coque: a história sempre se repete. Basta olhar o penteado escolhido por Naomi Campbell para uma festa de gala e lembramos de Audrey Hepburn no filme Bonequinha de Luxo, que pode ser usado com ou sem franja.

Longo e liso: os cabelos lisos e divididos ao meio tendem a ficar monótonos, mas Gwyneth Paltrow soube torná-lo moderno e sofisticado. O mesmo cabelo era usado por Maureen McCormick na década de 1970. Antes de escová-lo para deixar com mais brilho e mais liso, separe os fios em mechas e passe um sérum para dar mais brilho.

Fonte: Terra

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O corte de cabelo mais versátil do mundo

Cheio de movimento
O corte curinga, afirma Marco Antonio di Biaggi, fica bem tanto em cabelos longos como médios. "O segredo é o repicado arredondado a partir do queixo, feito com a tesoura num ângulo de 90 graus, e a franja longa desfiada com navalha. Quanto mais curto e enrolado for o cabelo, mais suave deve ser o repicado e mais longa a franja." Este penteado não tem mistério: depois de fazer uma escova rápida, basta passar a chapinha nas pontas.

Naturalmente belo
O cabelo amassado continua em alta. Segundo Marco, o truque para deixá-lo com ar displicente é espalhar o equivalente a duas moedas de 1 real de gel líquido nos fios encharcados. "Amasse, então, com uma toalha seca, das pontas em direção à raiz, retirando a umidade", diz ele. Depois, use o secador com difusor em velocidade média. Finalize aplicando um pouco de spray de brilho.

Sensualidade pura
Para conseguir um ondulado com textura, Marco dividiu a franja ao meio e aplicou em todo o cabelo uma bola generosa de musse. Em seguida, fez uma escova rápida, enrolou as mechas com os dedos - sempre de dentro para fora e das pontas em direção à raiz - e prendeu com grampos. "Solte os rolinhos depois de 40 minutos e incline a cabeça para baixo para desmanchar os cachos", ensina. Por último, Marco desfiou a raiz com um pente na parte da frente e espirrou nos fios um pouco do Spray de Fixação Forte.

Conheça os produtos de finalização da linha Gas Way, da Gaboni

Fonte: Cláudia

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Expert em volume ensina a criar penteados das passarelas

Teddy Charles é estilista, especialista em cabelos volumosos e um profissional extremamente requisitado. Após a loucura das semanas de moda, o profissional contou quais são as tendências de penteados para as próximas estações e como adaptá-las das passarelas para o dia a dia.

Foto: Divulgação
Para o profissional, três estilos de penteados se destacaram na última temporada. "Um deles foi o de cabelos penteados para trás, em cima e nas laterais, com um dramático frizz por trás da coroa que fica acima dos ombros. Como uma alternativa para o penteado para trás dos cabelos, você pode usar um lenço de seda enrolado em torno e sobre as orelhas, amarrado na parte de trás do pescoço", ensinou.

O segundo penteado que atraiu os olhares do expert é destinado a mulheres com cabelos de comprimento médio e longo e tem ondas grandes e suaves. "Elas devem cair facilmente e ter ressalto, mas com um look bom e polido. Para finalizar, basta uma faixa de cabelo sobre a testa ou um turbante para as noites, como uma estrela de cinema", recomendou.

Teddy Charles elogiou também os rabos de cavalo volumosos e ondulados, fixados na parte da nuca, com ondas longas e muito volume. "Se você tem uma franja, parta-a no meio e deixe-a dividida para cada lado da testa, à la Brigitte Bardot", sugeriu, lembrando que os três penteados podem ser usados no dia a dia facilmente. "Eles são dramáticos, mas não exagerados. Se o frizz dos cabelos ou do volume do penteado é demais para o dia a dia, deixe-o para as ocasiões especiais, mas experimente também algumas ondas longas, lenços, faixas e turbantes para manter o cabelo controlado e plano no topo."

Criador de visuais radicais, Charles é o queridinho de muitos estilistas e produtores e já trabalhou para nomes famosos como Vogue, Mario Testino, GAP e Calvin Klein, além de cuidar das madeixas de Sarah Jessica Parker, Blake Lively e Ellen Page e contou que seu truque para ter cabelos de passarela sempre é "ter um grande condicionador de aplicação sem enxágue, que suaviza imediatamente o cabelo e dá uma 'paleta limpa'".

Fonte: Terra

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Progressiva sem risco

Conheça a Escova Advance Express Plus, escova sem formol da Gaboni Professional


Primeira boa notícia: já existem diversas técnicas de alisamento que garantem ótimo resultado e não contêm formol – se você ainda faz progressiva com essa substância, saia fora dessa! Segunda boa notícia: cada vez mais os fabricantes de produtos para alisar buscam ativos capazes de alterar a forma natural do fio sem causar tanto dano ao cabelo. “Os procedimentos modernos levam na fórmula tioglicolato de amônio e carbonato de guanidina, que costumam gerar menos complicações, como alergias ou descamações do couro cabeludo”, explica Marcelo Bellini, dermatologista, de São Paulo. “Vale lembrar que além dessas duas substâncias, os hidróxidos de sódio, cálcio e lítio também são liberados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, lembra Francisco Le Voci, dermatologista, de São Paulo.

Além desses princípios ativos, os produtos modernos contam com substâncias que ajudam a driblar os efeitos da química – cabelo quebradiço, ressecado e opaco, sem ida. Neste grupo, estão os aminoácidos vegetais, como a quinua orgânica e um óleo extraído da semente do linho, além de vitaminas, como a B5, e as proteínas, como a queratina. Todos eles entram em cena para deixar os fios – agora lisos do jeito que você gosta – ainda mais bonitos, brilhantes, macios e com movimento!

Liso com segurança
Se você não abre mão de fazer alisamento (seja progressiva ou outra técnica), saiba que será necessário tomar alguns cuidados. Vamos a eles:
• Para ser submetido a esse tipo de química, o fio precisa estar forte e saudável. Quer saber se o seu está em ordem? “Faça um teste conhecido como pull test: partindo da raiz do cabelo, deslize os dedos até as pontas, sem puxar demais. Conte o número de fios que se soltaram. Repita o processo três vezes. O cabeloestará saudável se houver, no máximo, perda de cinco fios”, ensina Marcelo Bellini.
• É essencial que o cabeleireiro faça um teste de mecha antes de espalhar o produto no seu cabelo.“A fórmula deve ser aplicada na região atrás da orelha. O ideal é aguardar dois dias para verificar se existe algum sinal de irritação ou descamação no local. Se tudo  estiver certo, então, o alisamento poderá ser feito sem medo”, explica Bellini.
• Nem todo processo de alisamento ou escova progressiva pode ser combinado com coloração ou mechas (por mais suave que elas sejam). Melhor fazer os procedimentos em dias separados. “Aguarde uma semana para que não exista agressão intensa ao fio”, indica Bellini.
• O retoque de raiz varia de acordo com o crescimento do fio e com o fabricante do produto. Mas, em geral, ele não deve ser realizado antes de três meses.
• As grandes marcas de cosméticos possuem linhas de manutenção para uso em casa. Tais produtos contêm ativos que complementam o efeito da técnica feita no salão e ajudam a prolongar o resultado. Também garantem hidratação, brilho
e maleabilidade ao cabelo.
• Os cremes que alisam devem conter em seu frasco o selo de aprovação da Anvisa. “Você pode pedir para ver a embalagem do produto que será utilizado no seu cabelo para ter certeza da qualidade, além de procurar locais de sua confiança para fazer o procedimento. O cheiro intenso é um dos principais sinais de manipulação incorreta do alisante pelo profissional”, alerta o médico Francisco Le Voci. Fique de olho!
• No verão, o ideal é dar um refresco para os fios. “O cabelo danificado pelo sol e pela água do mar e da piscina fica mais sensível a qualquer tipo de química. Se ela for inevitável, não dispense o teste de mecha, que avalia a resistência do fio”, aconselha Ademir Jr., médico dermatologista especialista em cabelo pela Internacional Association of Trichologists.

Fonte: Revista Boa Forma

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Técnicas de coloração

Conheça a linha de coloração da Gaboni Professional, a Deep Color

O hairstylist Rafael de la Lastratira algumas dúvidas frequentes sobre coloração. Confira:


Como funciona a coloração?
A amônia incha e amolece a queratina do cabelo, abrindo as escamas para que a água oxigenada possa agir. Nessa reação química, o oxigênio é liberado, causando uma evaporação das moléculas de pigmento dos fios. Resumindo, a água oxigenada desbota o pigmento natural do cabelo para que outra cor possa entrar.
 
Técnicas para cobertura dos brancos
Os fios brancos mais resistentes e difíceis de cobrir são os mais grossos, como os de orientais e os de  pessoas que tem todos os fios brancos ou mechas muito concentradas nessa condição. Nesse caso, Rafael indica duas técnicas:
- Pré-pigmentação: aplicação da massa pura da coloração em um tom base (apenas a massa de tinta diluída com água) no local. Em seguida, é colocada a tintura desejada nos fios.
- Saturação: colocar uma concentração maior da tintura do que a especificada pelo fabricante.
 
Bê-à-bá do fundo de clareamento
A cor revelada conforme se colore ou se descolore os cabelos é chamada de fundo de clareamento. Serve para saber previamente o fundo de cor que será ressaltado quando ocorrem processos de coloração. Divide-se em:
- Do preto ao castanho-médio: vermelho
- Do castanho-claro ao loiro: laranja
- Do loiro-claro ao loiro-claríssimo: amarelo
 
Aplicação e tempo
Confira algumas dicas para colorir as madeixas de maneira perfeita:
- Antes de colorir faça o teste em uma mecha para detectar possíveis alergias, principalmente se o cabelo for virgem.
- Divida o cabelo ao meio de orelha a orelha;
- Prepare a coloração só depois de preparar a divisão dos fios e posicionar a cliente;
- Comece a aplicação do produto pelos fios da frente;
- Respeite o tempo de pausa recomendado pelo fabricante;
- Não se esqueça de que depois do tempo estipulado, a coloração para de agir e pode passar a ser prejudicial.

Fonte: Cabeleireiros.com

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Os visuais dos atores e atrizes na novela Aquele Beijo

Aquele Beijo, nova novela das 7 que será exibida pela Rede Globo, está com um elenco estrelado! De autoria de Miguel Falabella, a trama gira em torno de um triângulo amoroso: Cláudia (Giovanna Antonelli) e Lucena (Grazi Massafera) disputam o coração de Vicente (Ricardo Pereira).
A caracterização dos personagens, tanto femininos quanto masculinos, está um show à parte. Por isso, separamos alguns looks para você se inspirar e convidamos o hairsylist Luiz Cintra, do Società Hair, para comentá-los. Aproveite!

Sharon Menezzes




A cor de fundo castanho-médio e poucas luzes nas pontas, clareando cerca de dois ou três tons, deixam o cabelo em perfeita harmonia com a cor da pele da atriz. O corte desestruturado valoriza o volume natural dos cachos e é indicado para mulheres de personalidade forte. Alguns fios compridos na frente realçariam mais o rosto.

 



 
Fiuk




O comprimento médio e bem picotado tem uma leve influência do corte moicano. O acabamento  comprido deixa o look moderno e usual, mesmo em ocasiões sérias. Prefiro deixar a costeleta, mesmo quando comprida, com menos volume e mais desfiada.

 





Leilah Moreno



Cabelos com tons de chocolate e luzes sutilmente douradas nas pontas ficam bem principalmente para mulheres morenas. Fundos mais claros do que esse acabam se tornando artificiais para o tipo de pele da atriz. O corte comprido com fios repicados na altura do queixo poderia ser mais curto; e uma franja na altura do nariz daria sensualidade.

 




Grazi Massafera



O look da Grazi esta bem legal! Pode-se perceber a influência das luzes californianas, porém, com fios mais claros começando próximos da raiz, que mantém o tom natural de loiro-escuro! A franja na altura das têmporasdá dá um caimento interessante. Um repicado mais curto, principalmente na frente, deixa a imagem mais leve.






Raoni Carneiro
 


O penteado bagunçado é bem atual. A franja lateral sobre a testa ameniza o traço longo do rosto. Gosto muito desse tipo de acabamento natural, que dá um ar de limpeza, sem precisar ficar do jeito tradicional.








Marília Pêra
 



O visual está em perfeita harmonia! O fundo loiro-escuro contrasta com a pele para que a imagem não fique apagada. As luzes no tom areia amenizam os traços, enquanto o corte  repicado acima dos ombros com franja encobrindo parcialmente a testa dão um ar de alegria e elegância e bom gosto.







Giovanna Antonelli
 



O comprimento abaixo dos ombros alonga o formato de rosto redondo da atriz. O repicado valoriza o volume natural dos fios. Ficou faltando umas luzes de fina a médias, para dar mais alegria no visual. As cores mel e loiro-claro acinzentado cairiam bem!




Fonte: Revista Cabeleireiros

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Estudo aponta que mulheres perdem mais cabelo no outono

Foto: Getty Imagens
Estudiosos afirmam que é no outono que as mulheres perdem mais cabelo. A pesquisa, publicada na revista Dermatology e noticiada pelo Daily Mail desta quarta-feira (12), acompanhou 800 mulheres saudáveis por mais de seis anos e revelou que os fios caem mais nessa época do ano.

O motivo está associado ao crescimento da cabeleira e ao sol. De acordo com especialistas, em qualquer momento do dia, 90% dos fios estão crescendo, enquanto o restante fica em estado de repouso por dois a seis meses (conhecida como fase telógena) para depois cair.

Os pesquisadores suecos descobriram que as mulheres tinham a maior proporção de cabelos descansando 100 dias antes de a estação começar. Isso tem a ver com a proteção do couro cabeludo contra o sol do verão em combate às queimaduras do astro.

Fonte: Terra Cabelos

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Aprenda a fazer coque turbante

Já ouviu falar do coque turbante? O penteado, que apareceu na passarela da Osklen de verão 2012, é uma ótima alternativa para refrescar o cabelo preso. No vídeo abaixo, Ricardo dos Anjos ensina o passo a passo.

Conheça a linha de finalizadores Gas Way, da Gaboni Professional

video

Fonte: Vogue

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Tire suas dúvidas

Experts esclarecem dúvidas sobre química, corte e coloração.


Minha cliente usou guanidina para alisar o cabelo em casa. Leu o manual e disse que seguiu corretamente todas as instruções. Só que ocorreu um problema sério: perdeu 60% dos fios. Quero saber o que aconteceu e o que faço para reverter a situação. Ela terá de usar um aplique?
Adriana, via e-mail
Em primeiro lugar, vale ressaltar que para fazer qualquer procedimento químico é imprescindível conhecimento científico, a fim de saber qual será a resposta do cabelo e, principalmente, conhecer a composição do produto, o que demanda respaldo técnico. “Quando a cliente deseja fazer uma transformação do fio, ela tem que se conscientizar de que precisa fazer o processo com um profissional. Costumo dizer que o custo que ela vai ter com o serviço é, na verdade, um investimento”, diz Eron Araújo, hairstylist do Studio W Iguatemi (SP). Supondo que antes de alisar a cliente tenha usado tioglicolato de amônia, o que ocorreu é que esse ativo procura a cadeia de carbono e faz uma quebra no fio, ou seja, houve uma incompatibilidade de ativos. Eron explica ainda que outra possibilidade é que ela tenha aplicado o alisamento diretamente na raiz. “Independentemente do tipo utilizado, ele nunca pode ser aplicado no couro cabeludo, porque isso vai enfraquecer o bulbo capilar e acarretar a quebra”, diz o cabeleireiro. Antes de fazer uma correção estética com alongamento, Eron recomenda procedimentos que fortaleçam o cabelo, caso contrário não haverá sustentação para apliques. “O primeiro passo é cuidar dos fios com tratamentos reconstrutores e regeneradores que vão depositar proteína de maneira imediata na fibra capilar. Esse tipo de técnica funciona como um cimento reconstrutor que preservará as madeixas. Também é essencial usar xampus e condicionadores reconstrutores”, observa Eron.

Quais são os melhores cortes para quem tem rosto arredondado?
Fabiana, por e-mail
A hairstylist Cristina Ribeiro, do salão Le Premier Coiffeur, no Rio de Janeiro, recomenda fazer um corte de médio a longo desfiado abaixo do queixo. “Isso dá a ilusão de que o rosto é mais fino e comprido”, diz. A profissional também alerta: jamais faça um chanel curto nesse tipo de face, pois suas linhas arredondadas a deixarão ainda mais larga. 

Fonte: Revista Cabelos&Cia

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Qual é o seu perfil profissional?

Não deixe de conferir os cursos da Gaboni Professional para os meses de outubro e novembro

Na hora de planejar a sua carreira é importante saber qual é o seu talento e suas características no ambiente de trabalho. Faça o teste criado pelos professores Patrícia Porcino e Robson Trindade do curso de Visagismo e Terapia Capilar da Universidade Anhembi Morumbi e descubra o seu perfil!

1)Quando realiza trabalho em equipe, você:
a) Sente-se totalmente à vontade
b) Sente-se parcialmente à vontade
c) Sente-se constrangido
d) Sente-se invadido e constrangido

2) Você busca cursos de aprimoramento profissional?
a) Com frequência
b) Com pouca frequência
c) Quando é cobrado por isso
d) Quase nunca

3) Quanto aos cursos de aprimoramento profissional, você geralmente os busca:
a) Em universidades
b) Em academias internacionais
c) Em cursos técnicos
d) Na internet

4) Quando foi o seu último curso de aprimoramento?:
a) Estou cursando no momento
b) Três meses
c) Um ano
d) Cinco anos

5) Você se relaciona bem com seus colegas de trabalho?
a) Sempre
b) Algumas vezes
c) Se esforça para isso
d) Muitas vezes não

6) Você fica atento às tendências do mercado da moda?:
a) Sempre
b) De vez em quando
c) Quando o cliente solicita
d) Não acredita em modismos

7) Costuma seguir à risca normas de biossegurança e legislação?:
a) Sempre
b) Às vezes
c) Quando necessário, mas sem neuroses
d) Não acredita que seja necessário

8) Durante a execução de algum procedimento em ambiente comunitário você:
a) Conversa constantemente com todos, demonstrando cordialidade e gentileza
b) Conversa somente o necessário
c) Responde quando solicitado, porém não aprecia
d) Não conversa, pois acredita que o trabalho necessita de total concentração

9) Costuma trabalhar bem sob pressão na questão tempo e qualidade?
a) Tranquilamente
b) Tenta manter a calma
c) Fica apreensivo e nervoso
d) Não tolera esse tipo de situação

10) Você pensa em mudanças e inovações para a rotina dos procedimentos?
a) O tempo todo
b) Às vezes
c) De vez em quando
d) Nunca

11) Como acredita ser visto pelos seus colegas de trabalho?
a) Proativo e dinâmico
b) Equilibrado
c) Calmo e quieto
d) Calado e introspectivo

12) Você é expansivo com os colegas, independente da hierarquia?:
a) Com certeza
b) Com ressalvas
c) Somente se necessário
d) Nunca

13) Você gosta do movimento intenso dos salões?:
a) Sim, pelo alto astral e retorno financeiro
b) Sim, pelo retorno financeiro
c) Não, somente tolero por ser funcionário
d) Não, prefiro lugares com pouco movimento

14) Qual o tipo de revista você acredita que um salão deve oferecer à cliente?
a) Livros de moda e beleza
b) Revistas de moda
c) Revistas sobre celebridades
d) Revistas populares com dicas de beleza

15) Você acredita que o profissional de beleza deva se vestir:
a) Devidamente uniformizado, inclusive com sapatos fechados
b) Roupas e calçados casuais
c) Roupas e sapatos extremamente confortáveis e folgados
d) Qualquer roupa, desde que cobertas com jaleco


RESULTADO

Maioria das opções A:
Profissional com perfil super antenado, com excelentes chances de se dar bem em qualquer ambiente, principalmente em grandes salões. Está fortemente ligado à palavra sucesso.

Maioria das opções B:
Profissional com forte tendência a buscar apoio em sociedades pequenas ou trabalhar em salões mais populares. Sutil nas pretensões, porém minucioso nas decisões, o que lhe dá poucas possibilidades de erros.

Maioria das opções C:
Profissional introspectivo, com grandes possibilidades de procurar trabalhar individualmente. Pode ser tímido, inseguro, mas por outro lado muito cauteloso e detalhista.

Maioria das opções D:
Profissional com tendências pouco metódicas. Não gosta de se arriscar e por isso é mais acomodado com relação a grandes realizações. 

Fonte: Revista Cabelos&Cia

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Corte undercut e formas triangulares estão em Hex, coleção de Mikel Luzea apresentada no Creative Color

Conheça a linha de coloração da Gaboni Professional, a Deep Color



Cortes chanel desconectados e assimétricos foram o ponto forte da apresentação do hairstylist espanhol Mikel Luzea durante sua apresentação no Creative Color International, atração do 2º BSG World Festival.

Presidente do Club Figaro, Luzea também investiu nas cores, destacando castanhos com fundos vermelhos, marrons, acobreados, pretos cheios de brilho e loiros.Também surgiram cortes undercut e franjas curtas, com formato arredondado. Outras, alongadas e cobrindo o rosto foram adicionadas a produções com diferentes texturas.

Nos penteados, os apliques foram usados para moldar figuras geométricas – sobretudo triângulos -, esta a parte onde o avant-garde reinou absoluto. Todos os looks fazem parte da coleção do hairstylist, denominada Hex e apresentada também no Alternative Hair Show.


Fonte: Cabeleireiros.com

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Passo a Passo Gaboni Deep Color




Passo a Passo Gaboni Deep Color, um álbum no Flickr.
O pessoal da Gaboni Professional recebeu a Helayne Azevedo para um passo a passo de coloração com a linha Deep Color. A gerente técnica Cristiani Lítrico explicou que seriam feitas mechas texanas e um corte para dar leveza nos cabelos.

As mechas são caracterizadas pelas pontas do cabelo mais claras que a cor da raiz. Como o cabelo de Helayne já era tingido, a hair stylist usou os produtos Gaboni Deep Ice e Deep Oxi, para descolorir os fios das mechas antes de colori-los. Ela usou a técnica ao ar livre com uso de plaquete.

Cristiani lembra que é importante começar pelas pontas e subir até uns dois dedos antes da raiz – e esfumaçar para não marcar a raiz.  

Confira mais algumas dicas:
- ver se o cabelo já possui alguma tintura. Se sim, é preciso usar um descolorante pra despigmentar
- sempre limpar o plaquete entre uma mecha e outra, para não borrar a raiz
- começar sempre pelas pontas, assim elas recebem mais produto
- não “sopar” o cabelo com o produto

Depois, Cristiani lavou o cabelo com shampoo da linha Woman Total Repair, só para tirar o excesso do descolorante. Em seguida, preparou a tinta com meio tubo de castanho e meio tubo de chocolate – todos da linha Deep Color. 

Para finalizar, a cabeleireira fez um corte de base reta e, usando a técnica de corte mecha a mecha, desconectou levemente as pontas para dar leveza. Tudo para que o cabelo se adapte ao estilo de vida da cliente, que não tem muito tempo para arrumá-lo e, portanto, só lava e deixa que ele seque naturalmente. Veja o vídeo:

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Os cortes e as cores ideais para usar depois dos 50 anos

Foto: divulgação
Conheça a linha de coloração Deep Color, da Gaboni Professional


Cada vez mais jovens e charmosas, as mulheres depois dos 50 anos deixaram de ser sinônimo de velinhas há tempos. E os cabelos têm um importante papel nesta transformação. Crenças populares à parte, o corte e a cor têm realmente o poder de rejuvenescer, como explica a seguir a visagista Mercedes Klar, dona do salão que leva seu nome em Buenos Aires. A especialista aproveita e desvenda mitos comuns sobre os cuidados com as madeixas maduras.



Cabelos repicados rejuvenescem
Cortes repicados e assimétricos, curtos ou médios, expressam jovialidade, alegria, vitalidade e dinamismo. O corte assimétrico equilibra melhor as diferenças que são mais acentuadas em cada lado do rosto. Já os cortes com linhas retas, na vertical ou na horizontal e com formato retangular, expressam força e seriedade, mas é preciso tomar cuidado para que não endureçam as feições. Quem tem o rosto retangular ou quadrado deve tomar cuidados extras. Linhas curvas e onduladas suavizam as linhas retas desses rostos.

Cabelos longos não são aconselhados para quem passou dos 50 anos
Cabelos longos, geralmente, são desaconselhados por várias razões. As linhas das mechas que se alongam abaixo do ombro direcionam o olhar para baixo, em direção ao chão. Os longos são pesados visualmente e isso, por si, passa a sensação de inatividade e envelhece. Cabelos curtos têm o efeito contrário: elevam o olhar e são leves, conferindo dinamismo e vitalidade. Também podem alongar a silhueta da pessoa. Cabelos médios são neutros.

Os cuidados mudam com o passar dos anos
A mulher passa por uma mudança hormonal grande e perde colágeno e elastina. Isso afina a pele e cria rigidez. O mesmo acontece com o cabelo, tanto que ele perde qualidade. Atualmente, existem produtos específicos que visam essa necessidade da mulher depois da menopausa. É importante ressaltar que esses produtos são indicados exclusivamente para mulheres depois da menopausa, senão têm o efeito contrário.

Cuide do cabelo como faz com a pele
No dia a dia, é preciso cuidar do cabelo como se trata a pele. Isso significa que usar um bom xampu e um condicionador, além de fazer hidratações periodicamente, são os cuidados mínimos. Para a mulher madura é particularmente importante manter o corte e o penteado, por isso deve escová-lo e modelá-lo, ou penteá-lo, diariamente. Deve programar uma visita periódica ao cabeleireiro para que o corte e coloração não percam o seu estilo.

Deve-se usar cores fortes como vermelho
Todas as cores são permitidas, mas devem combinar com o tom da pele. Se for muito clara, os tons loiros podem fragilizar a imagem ao deixá-la pálida. Mas um tom muito escuro pode endurecê-la excessivamente. Uma boa opção é um tom médio na base e mechas claras que iluminam. Quando são feitas em vários tons, criando o efeito de transparência, os fios brancos se misturarão às mechas. Isso também acontece quando as mechas são aleatórias em cortes repicados. Fios brancos aparecem mais rapidamente em cabelos escuros, por isso exigem retoques mais frequentes.

Fios grisalhos pedem xampu especial

O grisalho bonito é o prateado. Quando é amarelado, seu aspecto não é bonito. Existem xampus com base violeta que evitam que a fibra fique amarelada. 



Fonte: Terra Cabelos

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Curso Beleza Festa com Carlos Carrasco

Já pensou em fazer um curso com o hairstylist Carlos Carrasco? A Gaboni Professional traz essa oportunidade pra você. O cabeleiro vai estar em São Paulo apresentando cortes, penteados e maquiagens para as festas de Natal e Reveillon, acompanhando as tendências para o verão 2012. São cabelos práticos e rápidos e muita maquiagem para deixar as mulheres brasileiras mais bonitas.

 Veja aqui como participar e aproveite para assistir ao vídeo do hairstylist convidando a todos para o evento:

 

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Os cabelos das profissões

Foto: Divulgação
Quando uma mulher está em busca de um novo look, antes de cortar as madeixas ela costuma levar em consideração em parceria com o cabeleireiro seu formato e tipo de fio. Mas uma característica que também deve ter peso antes da decisão final é a profissão.

Afinal, o que fazemos diz muito sobre nossa personalidade. Sem contar que, segundo o visagista Daniel Oliveira, do Ophicina do Cabelo, no Rio de Janeiro, o corte e a cor adequados ajudam no posicionamento do profissional no mercado de trabalho. “Não imaginamos uma advogada, por exemplo, muito despojada e nem uma publicitária com os fios arrumadíssimos”, completa.

Atividades formais x informais
No quesito cores, para Daniel, mulheres contidas e sérias com profissões mais formais podem apostar no tom castanho. “É sóbrio e simples”, diz. Já as mais expansivas e vibrantes podem aderir ao ruivo. “É alegre e sensual, geralmente são estilistas, relações públicas e hostess”, continua. Os tons loiros, de acordo com o expert, são perfeitos para mulheres bem poderosas, criativas e femininas. “O leque varia bastante, podendo ser encontrado em artistas, empresárias, estilistas e modelos”, complementa.

Quando o assunto é textura, Daniel diz que os lisos geralmente transmitem seriedade. “Os lisos curtos são ideais para mulheres que gostam de assumir o controle e são autoritárias, como políticas, médicas, executivas e empresárias”, explica. Já quando o liso é longo, ele perde um pouco esse aspecto de super sério e assume um ar mais feminino. “É o tipo favorito de vendedoras, publicitárias e até jornalistas”, opina Daniel. O maior expert em viasagismo capilar no País, Philip Hallawell, completa: "O cabelo longo é sinal de sensualidade. Prender demonstra comprometimento", diz.

Esse aspecto sensual dos longos fica ainda mais acentuado quando os fios são ondulados. “Definitivamente, este tipo de cabelo não combina com o ambiente de escritório, por isso é indicado para promoters, atrizes, modelos e publicitárias”, concorda Daniel. Se os fios ondulados são curtos, pelo visagismo eles passam criatividade e simpatia. “Os ondulados curtos são charmosos e despojados, sendo, portanto, adotados por jornalistas, fotógrafas, médicas, vendedoras, atrizes, entre outras. Eles remetem muito também simpatia e criatividade. São mulheres que vivem a vida intensamente”, finaliza Daniel.

Fonte: Especial Cabelos Terra